Estádio Joaquim Henrique Nogueira

ESTÁDIO JOAQUIM HENRIQUE NOGUEIRA

ARENA DO JACARÉ

SETE LAGOAS – MINAS GERAIS – BRASIL

BREVE HISTÓRIA

O estádio Joaquim Henrique Nogueira, a Arena do Jacaré, é particular e pertence ao Democrata Futebol Clube. O estádio recebe este nome em homenagem ao doador do terreno onde foi erguido, Sr. Joaquim Henrique Nogueira, importante benfeitor de Sete Lagoas, membro de família muito tradicional.

A inclinação e a localização do terreno facilitaram um projeto de baixo custo. No final da década de 1980, iniciou-se, então, a terraplanagem do local para construção do estádio. Contudo, logo depois, as obras foram paralisadas por falta de verbas por parte do Clube setelagoano. Assim, o Democrata de Sete Lagoas continuava a mandar seus jogos no lendário estádio José Duarte de Paiva, localizado na região central da cidade, porém com capacidade máxima para 1.500 torcedores e com instalações precárias.

Em 2005, uma grande rede de supermercados adquiriu o antigo, porém bem localizado e valorizado, estádio Duarte de Paiva. Com os recursos, o Clube realizaria a maior parte das obras para o término do novo palco esportivo.

E assim foi feito. A construção de um estádio em formato de arena, que originou o apelido Arena do Jacaré, com capacidade para 18.000 torcedores, sendo 750 destes em cadeiras, quatro bares, sete banheiros, quatro vestiários para equipes, salas administrativas, doze cabines para imprensa e um gramado com dimensões oficiais (105 x 68 metros), porém, sem iluminação para jogos noturnos.

O estádio Joaquim Henrique Nogueira foi inaugurado no dia 28 de janeiro de 2006, ano em que o Democrata retornava à elite do futebol mineiro. Um grande presente para a torcida alvirrubra. Neste dia, foi realizada uma partida oficial pelo Campeonato Mineiro entre Democrata x Atlético e para completar a festa setelagoana, o Jacaré foi o grande vitorioso, 3 x 0, sendo o primeiro gol marcado pelo jogador Paulo César, logo aos 15 minutos do primeiro tempo.

Nem tudo foi alegria na história de amor entre o Democrata e a Arena do Jacaré. Em 2008, diante da queda do então presidente Humberto Timo, responsável direto pela construção do estádio, a nova diretoria constatou a existência de enormes dívidas com ex-empregados, fornecedores de materiais e prestadores de serviços.

O grande número de credores já acionava a justiça e, por diversas vezes, o Democrata teve seu estádio levado a leilão para pagamento das dívidas. O alto valor do imóvel, avaliado na época em R$ 6 milhões, impossibilitou os arremates, para alívio do Clube alvirrubro.

Em 2009, diante da necessidade em apresentar um substituto para o estádio Governador Magalhães Pinto, o Mineirão, que entraria em reforma visando a Copa de 2014, o Governo do Estado de Minas Gerais viu a Arena do Jacaré como solução imediata. No mesmo ano, após negociações, o Estado e o Democrata realizaram um acordo de comodato onde o governo realizaria uma grande obra de ampliação e modernização da Arena do Jacaré. Assim, o estádio ficaria sob responsabilidade da ADEMG – Administradora de Estádios de Minas Gerais durante 10 anos.

A modernização alcançou valores que aproximam-se de R$ 15 milhões. A nova estrutura do estádio conta com todos os requisitos exigidos pela FIFA para jogos oficiais.

Atualmente, os 3 grandes clubes de Minas Gerais, América Futebol Clube, Clube Atlético Mineiro e Cruzeiro Esporte Clube, todos da capital Belo Horizonte, além do próprio Democrata Futebol Clube, mandam seus jogos na Arena do Jacaré, o que transformou Sete Lagoas na Capital do Futebol Mineiro.

ESTRUTURA GERAL

ARQUIBANCADAS

– Capacidade para 20.000 torcedores (todos em cadeiras)

– 4 blocos com entradas separadas

– 30 catracas eletrônicas

– 5 bares

– 5 banheiros masculinos

– 5 banheiros femininos

– Departamento médico junto ao setor de maior público

– Saídas de emergência projetadas com aprovação do Corpo de Bombeiros

ESTRUTURA PARA EQUIPES

– 2 amplos e modernos vestiários para equipes mandantes e visitantes

– 2 vestiários para equipes de jogos preliminares

– 1 capela católica e 1 protestante

– Acesso e estacionamentos separados dos torcedores

GRAMADO E ILUMINAÇÃO

– Novo gramado

– Moderno sistema de drenagem

– Dimensões: 110 x 74 metros

– Moderno sistema de manutenção

– 4 torres de iluminações que fornecem 1500 lumens – ideal para televisionamento

– Moderno grupo gerador de energia para iluminação

IMPRENSA

– Acesso exclusivo

– 9 cabines de imprensa

– Tribuna de imprensa com localização privilegiada

– Ampla sala para entrevistas coletivas

– Banheiro masculino e feminino

– Banheiro para imprensa localizada no gramado

– Acesso à internet

ADMINISTRATIVO, APOIO E AUTORIDADES

– Elevador para deficientes de mobilidade

– Acesso à internet sem fio

– Sala para Delegados de jogos e suas delegações

– Sala de árbitros (masculino e feminino)

– Sala para exame anti-doping

– Vestiário para gandulas

– Sala para Juizado Especial Criminal

– Sala para Juizado de Menores

– Sala para Defensores Públicos

– Sala para Promotores de Justiça

– Sala para Delegado

– Sala para Polícia Civil

– Sala para Polícia Militar