ÁRBITRO PREJUDICA DEMOCRATA-SL E ZOMBA DE TORCEDORES

A torcida do Democrata Futebol Clube está indignada com a atuação do árbitro Flávio Henrique Coutinho Teixeira. O árbitro foi o verdadeiro responsável pela derrota do clube sete-lagoano para a Patrocinense.

Já no início da partida, o árbitro mostra total desconhecimento do regulamento e exige do Democrata, clube mandante, a presença de dois médicos em campo e não apenas um como rege. Tal confusão fez com que a partida fosse iniciada com 20 minutos de atraso.

Após um primeiro tempo morno, sem grandes chances para as duas equipes, a etapa complementar prometia ao torcedor uma bela disputa dentro de campo, porém, o árbitro Flávio Teixeira passou a ser o ator principal espetáculo. Aos 16 minutos do segundo tempo, o atleta da Patrocinense, Maxwell, tenta dividir a bola com o goleiro democratense Gonçalves, mas se joga na tentativa da marcação de um pênalti. O senhor Flávio Henrique Coutinho Teixeira marca a penalidade e ainda expulsa o goleiro alvirrubro. Imagens mostram que o goleiro não tocou no jogador da Patrocinense. Ranule entra, mas não consegue defender o pênalti batido por Dalmo. 0 x 1 Patrocinense.

Logo após o lance polêmico, o árbitro ainda deixou de marcar um pênalti claro em favor do Democrata. Para revoltar ainda mais a torcida alvirrubra, na sequencia, a bola bate no juiz e tira a posse de bola do Jacaré.

Se o favorecimento do Sr. Flávio Teixeira à equipe de Patrocínio estava visível durante o jogo, após o término da partida o árbitro fez questão de mostrar sua falta de seriedade e respeito ao futebol. Quando saía para o vestiário, vários torcedores se reuniram no alambrado da Arena do Jacaré para protestar, em aparência tranquila, o árbitro Flávio Henrique Coutinho Teixeira ria destes torcedores e da direção do Democrata que também estava indignada.

O fato é que, mesmo que o Democrata Futebol Clube prove os erros e ironia do árbitro através de vídeos e fotos, não haverá qualquer punição àquele que deveria ser o responsável por cobrar seriedade no gramado.

Desde a vitória no Superior Tribunal de Justiça Desportiva em ação contra uma decisão da Federação Mineira de Futebol, o Democrata Futebol Clube sabia que iniciaria ali uma luta dentro e fora dos gramados. Além do curto prazo para montar uma equipe vitoriosa no Módulo II, o clube setelagoano também enfrentaria os chefões que controlam o futebol mineiro.

Diante de bons resultados do Democrata no módulo II, uma sequencia de erros de arbitragem e expulsões de jogadores são vistas pelos torcedores alvirrubros, que só restam a tristeza da injustiça.

Com o resultado o Democrata praticamente dá adeus ao sonho de retorno à elite do futebol estadual já em 2014, ano que completará o centenário.

DEMOCRATA 0 X 1 PATROCINENSE

Data: 24/03/13 – domingo

Horário: 10h

Local: Arena do Jacaré – Sete Lagoas/MG

Democrata/SL: Gonçalves, Alan, Ivson, Turquete, Paulinho, Adriano, Talles (Sammuel), Galego(Cinézio), Muller (Ranule), Hilton e Rômulo.

Patrocinense: Flavio, Bruno Limão (Diego Paulista), Levi, Reginaldo (Paulinho), Paulinho Jaú, Esquerdinha, Maxwell (Rodriguinho), Luquinha, Dalmo, Daniel Barros e Kassio.

Árbitro: Flávio Henrique Coutinho Teixeira

Auxiliar 1: Marcelo Giovani Bertolini de Souza

Auxiliar 2: Felipe Alan de Oliveira

Amigos do Democrata – www.amigosdodemocrata.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *